Klas, Agência de Viagens em Curitiba e Niteroi
RJ (21) 2705-3080
PR (41) 3242-9000

África do Sul

Com uma variedade de incríveis paisagens divididas entre belezas naturais e ótima infraestrutura, a África do Sul está cada vez atraindo mais visitantes. Seja por interesse nas praias, safáris, mergulho e turismo ecológico ou pelo interesse cultural sobre o Apartheid, o fato é que esse país vai te proporcionar uma viagem inesquecível. Converse com nossos consultores para montar um roteiro de viagem personalizado para você!

Opções do destino

  • África do Sul

    Cape Town

    Com uma geografia muito peculiar e uma beleza natural indescritível, a grandeza de Cape Town extrapola a capacidade e habilidade dos melhores fotógrafos. As belas praias, grandes montanhas e paisagens extraordinárias espalhadas pela cidade e região atraem viajantes de todos os cantos.

    Leia mais

    Se o seu sonho é conhecer a África do Sul, você não pode deixar de conhecer a Cidade do Cabo.

    Você vai encontrar belas trilhas, parques e praias badaladas (como Clifton e Camps Bay). Sem contar que Cape Town tem ainda excelentes museus, igrejas e castelos magníficos e um ambiente cosmopolita, com bares, restaurantes, lojas e hotéis design. Não deixe de passar por City Bowl, que é o coração comercial da cidade, com avenidas limpas e amplas. A cidade revela traços da colonização holandesa em monumentos como o Castle of Good Hope (Castelo da Boa Esperança), do século 17. Uma coisa será inesquecível durante a sua viagem: o fim de tarde em Cape Town, quando os turistas e moradores locais sobem em uma das suas muitas colinas e admiram o dia acabar em glória.

    Nos dias de verão você vai ver muita gente ao ar livre, correndo, escalando, surfando, remando. As pessoas, além de belas, são gentis, prestativas e amáveis. Você vai comer muito bem em Cape Town, uma cidade com rica tradição gastronômica. A cozinha local tem como ponto forte as carnes. Quando você estiver na Cidade do Cabo vai encontrar também belos motivos para escapadas curtas, como ir para Boulders Beach, a famosa praia dos pinguins; os consagrados vinhedos da região de Stellenbosch; e o Cabo da Boa Esperança, um belo parque natural à beira-mar. Quer saber mais sobre Cape Town e a África do Sul? Na Klas Viagens você vai encontrar muitas informações. Venha nos fazer uma visita.

    Idioma: Inglês e africâner

    Moeda: Rand

    Melhor época para ir

    No fim do outono ou no meio da primavera, que são nos meses de setembro a maio.

  • África do Sul

    Johannesburgo

    Dá para escolher como você quer se referir à maior cidade da África do Sul. Johannesburgo, Joanesburgo ou simplesmentre Joburg, o apelido carinhoso. O que importa é visitar esse destino que cada vez mais cresce como cidade e atração turística, pois não se conhece totalmente a África moderna sem passar por ele.

    Leia mais

    A cidade concentra museus que reúnem a história do país, como o Museu do Apartheid, um passeio que promove uma verdadeira reflexão sobre o regime de segregação racial que prevaleceu entre os anos de 1948 e 1994 na África do Sul e o Museu Hector Pieterson, fundado em homenagem ao jovem morto em conflito com a polícia de Soweto e que dá nome à instituição.

    Soweto, aliás, não pode ficar de fora do roteiro. Trata-se de uma das maiores comunidades negras, em que é possível ver – e viver – a cultura local. Na região, está o Museu de Mandela, localizado na casa onde o líder Nelson Mandela viveu por anos. Inclua no passeio a sede da mais alta corte judiciária, a Constitution Hill e o complexo Old Fort Prison, em que nomes como Mandela e Mahatma Gandhi estiveram encarcerados.

    Esses são destinos que promovem um mergulho na história da África do Sul, mas a maior cidade do país oferece também muita diversão. Conheça o Gold Reef City, um dos maiores parques de diversões da região, que abriga também um complexo de cassinos e restaurantes, e o Zoológico de Joanesburgo, um dos maiores do país.

    Dizem que o sol se põe ainda mais belo na África do Sul. Portanto, se você está em Johannesburgo, aproveite para ir ao Carlton Centre e ver a vista em 360 graus no alto dos 223 metros do prédio. A qualquer hora do dia, a vista é de tirar o fôlego, não é a toa que o edifício é conhecido como “Top of África”.

    Dica: Se você gosta de animais, inclua no roteiro o Lion Park, que faz um importante trabalho de preservação das espécies de animais africanos.

    Idioma: Inglês e africâner, que se parece muito com o holandês, com algumas características de português, alemão e francês.

    Moeda: O Rand é a moeda oficial da África do Sul.

    Melhor época para visitar: Johannesburgo pode ser visitada o ano inteiro, mas se você estiver de passagem e o foco for os safáris, a melhor época é entre março e novembro, para evitar o calor do Verão.

  • África do Sul

    Kruger Park

    Se sua intenção é ver espécies como leões, elefantes, girafas e rinocerontes em seu habitat natural, sim, está no lugar certo. O Kruger Park é o maior parque nacional do País, um verdadeiro santuário da vida selvagem africana com mais de 19 mil km de extensão.

    Leia mais

    O Kruger Park está localizado em Lowveld, nas províncias de Limpopo e Mpumalanga (a cerca de 450 quilômetros de Johanesburgo) e oferece safáris inesquecíveis e com muita estrutura para todos os gostos. É considerado um dos dez parques naturais mais importantes do mundo.

    Foi criado em 1926 e ainda hoje abriga cerca de 500 espécies de aves, mais de 100 répteis e 150 mamíferos, incluindo os chamados “big five” (rinoceronte, leão, leopardo, búfalo e elefante).

    Os 35 mil km de reserva do parque recebem cerca de um milhão de turistas por ano, portanto, é melhor se programar e falar com um dos consultores da Klas Viagens com antecedência para conhecer o exuberante local. Além das espécies nativas, em passeios de tirar o fôlego, feitos para todos os gostos e bolsos, a flora local também impressiona.

    Por lá é possível ver os baobás, as árvores nativas cujos troncos podem chegar a 9 metros de diâmetro e parecem estar invertidas, ou seja, com as raízes para cima. São 23 mil espécies de flora registradas, um verdadeiro paraíso para quem gosta de observar a natureza.

    No local também é possível optar por vários tipos de alojamentos, dentro ou fora do parque (também depende do quanto se quer gastar). Se a opção é no interior do parque, é possível fazer os game-drivers, um safári fotográfico feito em jipe ou caminhão aberto. É só preparar a câmera e os olhos para ver uma das paisagens mais belas da África do Sul e entender a natureza de um jeito muito peculiar.

    Dica: É possível que você fique sem ação ao olhar a imensidão do Kruger Park e não saiba bem para onde direcionar a visão. Fique atento sempre que ver água. A máxima “onde há água, há animais” é certa por ali, já que eles costumam parar próximo aos rios para matar a sede.

    Idioma: Inglês e africâner.

    Moeda: O Rand é a moeda oficial da África do Sul. Fale com nossos consultores de viagens para mais informações e dicas para câmbio.

    Melhor época para visitar: Entre março e novembro, para evitar os dias muito quentes do Verão.

  • África do Sul

    Sun City

    Sim, há muito luxo na África do Sul. E se a ideia for desfrutar do que há de melhor no país, não tem como não conhecer Sun City. A palavra exuberante ainda é pouco para definir o resort situado na província de North-West, a 190 km de Johannesburgo. No complexo de hotéis tem até um 6 estrelas: o primeiro na categoria inaugurado no mundo.

    Leia mais

    O Palace of the Lost City é o primeiro hotel 6 estrelas do mundo, mas o complexo Sun City ainda oferece outras opções de hospedagem que variam de 3 a 5 estrelas. Opções do que fazer não falta no resort, que abriga o parque aquático Valley of the Waves, além de cassinos e restaurantes e uma série de passeios, como safáris e balões.

    O parque aquático, conhecido como “vale das ondas” é uma grande piscina com ondas e areia. Ninguém pode dizer que não está em uma verdadeira praia, já que as ondas artificiais podem chegar a quase dois metros de altura. Um paraíso para os amantes de surf.

    Todo o projeto do resort é inspirado em antigos palácios reais, por isso as construções são suntuosas e extravagantes. Prepare-se para ver temas mitológicos com esculturas de animais selvagens em tamanho real durante todo o passeio. Tudo é superlativo no local, que tem desde cachoeiras, até campos de golfe com jacarés, aquários e verdadeiras florestas.

    Para quem não se hospedar no complexo ou no hotel com maior estrelas do planeta, é possível fazer um tour pelo local, conhecido por abrigar celebridades e ser palco de festas suntuosas. Os guias locais têm sempre muitas histórias para contar, mas que tal construir a sua própria história nesse paraíso luxuoso? Fale com um consultor de viagens da Klas Viagens e prepare as malas.

    Dica: Mesmo se você não for se hospedar em um dos hotéis do complexo Sun City, é possível conhecer o Valley of the Waves, pagando alguns rands. A visita vale muito à pena. Não deixe de descer pelo toboágua de 90 graus e passar pela Ponte dos Elefantes.

    Idioma: Inglês e africâner.

    Moeda: Rand.

    Melhor época para visitar: Com tantas atrações, indoor e na natureza, o resort pode ser visitado em todas as épocas do ano. A África do Sul é muito quente no Verão, entre outubro e abril e a temperatura é mais amena entre março e novembro, quando os safáris da região são ainda mais procurados.

Depoimentos

Tenho interesseDeixe seus dados e receba o contato de nossa equipe de agentes de viagens.

  •     Cruzeiros Marítimos
  •     City tour
  •     Circuitos
  •     Câmbio
  •     Ingressos
  •     Locação de Veículos
  •     Passagens Aéreas
  •     Passeios
  •     Passes de Trem
  •     Reserva de Hotéis
  •     Seguro Viagem
  •     Traslados
Agência Viagem CuritibaPacotes de viagem para JohannesburgoAgências Viagem CuritibaPacotes de turismo para JohannesburgoPacotes para JohannesburgoPacotes para Kruger ParkPacotes para África do SulAgência Turismo em CuritibaTurismo para JohannesburgoPacotes para Egito