Klas, Agência de Viagens em Curitiba e Niteroi
RJ (21) 2705-3080
PR (41) 3242-9000

Paraná

Um conjunto de cataratas com 250 quedas d´aguas, uma cidade modelo com mais de 36 parques, museus e conjuntos arquitetônicos incríveis, uma estrada histórica no meio da Mata Atlântica, cidadezinhas litorâneas que reservam diversas surpresas e até uma ilha no meio do litoral, em cujo trajeto é possível ver golfinhos nadando juntos aos barcos. Sim, estamos falando do Paraná.

Leia mais

Opções de Destinos

  • Paraná

    Curitiba

    Não é por acaso que a capital do Paraná é conhecida como “cidade modelo”. A arquitetura, as inovações urbanísticas e o cuidado com o meio ambiente fazem de Curitiba um destino a ser conhecido por quem gosta de descobrir novas paisagens. Mais de 30 parques integram a cidade, interferindo positivamente no estilo e na cultura dos moradores.

    Leia Mais

    O Passeio Público foi o primeiro parque a ser construído, bem no centro da capital. Outros, como o Parque Barigui, o Bosque do Alemão e o Parque Tingui, não ficam longe da região central. Por isso, vale à pena pegar a Linha Turismo, também conhecida como Jardineira, um ônibus que tem como destinos os principais pontos turísticos da cidade e passa pelos principais parques, para fazer um tour pela capital.

    O ideal ao pegar a Linha Turismo, é sair a partir do Centro Histórico, pois há muito a apreciar nessa região. O Largo da Ordem abriga igrejas e construções centenárias, além de pontos turísticos, como o Memorial da Cidade, que faz um contraponto entre o moderno e o antigo. Ainda na região central, fica a Rua XV de Novembro, também conhecida por Rua das Flores. São aproximadamente 3,5 km de extensão, com 800 metros exclusivos para pedestres e 650 metros tombados pelo Patrimônio Histórico do Estado.

    Quem está em Curitiba, não pode deixar de conhecer o Museu Oscar Niemeyer, uma construção assinada pelo consagrado arquiteto que dá nome ao prédio e que exibe exposições importantes o ano todo. A capital paranaense também tem um importante polo gastronômico. O bairro de Santa Felicidade, por exemplo, reúne diversos restaurantes italianos, incluindo o Restaurante Madalosso, conhecido por ser o maior restaurante da América Latina. Alguns bairros, também ganham fama (com razão) por reunir bistrôs e restaurantes aconchegantes para quem gosta de boa comida, como o Juvevê e o Batel Soho.

    A capital é sede da agência Klas Viagens. Fale com um dos nossos Consultores de Viagens e descubra mais sobre o fascinante universo curitibano.

    Dica: Dá para visitar Curitiba o ano todo e aproveitar o que a cidade tem de melhor. Fique atento aos festivais. Em março acontece o Festival de Curitiba, com centenas de peças de teatro. E durante o ano todo, são realizados festivais de gastronomia, alguns bem peculiares, como o do Pão com Bolinho, iguaria típica da cidade.

  • Paraná

    Foz do Iguaçu

    Não há como falar em Foz sem lembra das Cataratas do Iguaçu. E não é para menos, afinal este é um dos maiores espetáculos da natureza que um turista pode apreciar no Brasil. Mas as opções turísticas vão além. Por ser uma região de tríplice fronteira, contam com bons parques e restaurantes no lado argentino e opções de compras a perder de vista no lado paraguaio, sem contar a Usina Hidrelétrica de Itaipu, parques e museus no lado brasileiro.

    Leia Mais

    Na lista das Novas Sete Maravilhas do Mundo, figuram as Cataratas do Iguaçu, um conjunto de cachoeiras de até 80 metros de altura que são deslumbrantes. Ficam na divisa do Brasil com a Argentina e é possível apreciá-las por uma passarela que adentra no Rio Iguaçu, além de trilhas e passeios de barco. A maior e mais conhecida queda d’água é a Garganta do Diabo, que faz um impressionante “U” invertido.

    As quedas d’água fazem parte da reserva natural do Parque Nacional do Iguaçu, área considerada Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO. Nela são preservas espécies em extinção com o jacaré de papo amarelo e a onça pintada. Os animais mais fáceis de ver são os simpáticos quatis, que costumam se aproximar dos visitantes. Ao lado, está o Parque das Aves, onde se pode conferir a diversidade da fauna e da flora da região.

    Do roteiro turístico de Foz do Iguaçu fazem parte outras tantas atrações. O Iporã Show é um local de apresentações folclóricas que representam a diversidade cultural dos países da América Latina, além de contar a história das quedas d’água. A Usina Hidrelétrica de Itaipu, a maior do mundo tanto em tamanho quanto em geração de energia, é aberta à visitação, conta com um Ecomuseu (com exposições sobre a história da usina e da região) e costuma ter espetáculos noturnos.

    Entre as atrações mais novas estão um Museu de Cera Dreamland (com mais de 80 réplicas perfeitas de celebridades do Brasil e do mundo) e o Vale dos Dinossauros (com réplicas mecanizadas e sonoras de mais de 20 espécies pré-históricas em um ambiente que simula a vegetação da época – o Tiranossauro Rex tem 23 metros de altura). A cerca de uma hora de Foz está o Parque Aquático Termal Lago de itaipu, com piscinas termais, toboágua, piscina de onda e outras diversões.

    Cruzando a Ponte da Amizade, chega-se à Ciudad del Este, uma das principais zonas livres de impostos da América Latina, que conta com centenas de lojas onde os turistas podem comprar produtos dos mais variados a preços convidativos. Mas fique atento ao limite de compras ao passar pela fiscalização na aduana brasileira: 300 dólares por via terrestre ou 500 dólares por via aérea.

    Aproveite para visitar as cataratas também do lado argentino, e dedique de um a dois dias para isso. A entrada é mais barata (mas só aceitam peso argentino como moeda) e o passeio é mais longo e cheio de atrativos. Para chegar às cataratas pega-se um trem dentro do parque. Há uma boa extensão de trilhas e passarelas, e é preciso caminhar mais do que no lado brasileiro, mas em compensação a visão é mais privilegiada e se pode chegar mais perto da Garganta do Diabo, entre outros saltos. Cruzando o rio, há uma bonita ilha, chamada San Martin, com mirantes para ficar perto de várias quedas. Aproveite a estadia na Argentina para apreciar os restaurantes e fazer compras no Duty Free Shop local (bem mais tranquilo do que no Paraguai).

    Melhor época para visitar: As cataratas são um espetáculo bonito durante o ano inteiro, mas tem leves diferenças de acordo com a época. Para vê-las com seu potencial máximo de volume de água, o ideal é ir no verão (média de 26ºC). Mas se quiser ver as quedas d´agua de uma forma mais definida, o ideal é ir no inverno (média de 18ºC).

Depoimentos

Tenho interesseDeixe seus dados e receba o contato de nossa equipe de agentes de viagens.

  •     Câmbio
  •     Circuitos
  •     City tour
  •     Cruzeiros Marítimos
  •     Ingressos
  •     Locação de Veículos
  •     Passagens Aéreas
  •     Passeios
  •     Passes de Trem
  •     Reserva de Hotéis
  •     Seguro Viagem
  •     Traslados
Pacotes de viagem para África do SulPacotes aéreos para JohannesburgoPassagens aéreas para MarrocosPassagens aéreas para Casablanca Pacotes de turismo para Cape TownAgência de Turismo em NiteróiViagem para JohannesburgoPacotes de viagem para Kruger ParkPacotes aéreos para Casablanca Pacotes de turismo para Ilhas Maurício
Ligamos pra você

Nós ligamos pra você

Enviar