Klas, Agência de Viagens em Curitiba e Niteroi
RJ (21) 2705-3080
PR (41) 3242-9000

Espanha

A Espanha oferece uma imensa diversidade de atrações. Tradição, cultura, gastronomia, arquitetura e história são encontradas em diferentes cidades e em diversas formas em uma profusão de destinos atrativos. Basta selecionar o que mais combina com seus interesses e escolher a região a visitar.

Para “entender” mais a Espanha e escolher o melhor destino para conhecer, divida o país por região. Andaluzia, onde fica Sevilha e Granada. A independente Catalunha, onde fica Barcelona e o País Basco, no extremo norte, cortado pela cadeia montanhosa dos Pireneus, por exemplo. Leia mais

Opções de Destinos

  • Espanha

    Barcelona

    A maior cidade catalã reserva muitas surpresas para o viajante, a começar pelas atrações arquitetônicas de perder o fôlego. Barcelona é uma verdadeira galeria de arte a céu aberto, então se prepare para ver de perto obras do consagrado arquiteto Antoni Gaudi, conhecer bairros que concentram monumentos incríveis e desbravar paisagens encantadoras, como a Montanha de Montjuïc.

    Leia Mais

    Sim, Barcelona é incrível e é difícil elencar os pontos turísticos mais importantes da cidade, já que existem beleza e diversidade cultural por toda parte. As obras do arquiteto Antonio Gaudì devem ser apreciadas de perto, como a Casa Batllò, no Passeig de Gràcia e a La Pedrera (Casa Milà), ambas localizadas no centro. A Sagrada Família, a Parc Güell e a Palau Güell são obras que valem cada tijolo da visita.

    Barcelona é um prato cheio para quem gosta de arquitetura e, claro, vai muito além de Gaudì.  Conheça a Casa Amatller e Palau de La Música, obras de Puig i Cadafalch e a Casa Lleó i Morera, do arquiteto Lluis Domènech i Montaner. Se você quiser mais informações históricas sobre elas, é possível fazer visitas guiadas ou optar pelos city tours.

    Visite o Bairro Gótico e preste atenção nas construções medievais, vestígios de ruínas e nos diversos prédios e praças que atravessaram os séculos. Uma aula de história, arquitetura e arte. Conheça a Catedral de Barcelona, na Pla de La Seu, construída no século XIII ao XV e não deixe de passear por Las Ramblas, um calçadão que começa na Plaza Cataluña e termina no Port Vell. Um passeio repleto de detalhes curiosos por todos os lados.

    No Bairro do Born está o Museu Picasso, a Igreja Santa Maria del Mar e o Centro Cultural do Born, instalado em um antigo mercado público. Conheça o Parc de la Ciutadella, que reúne turistas e moradores que querem curtir a paisagem, descansar, praticar malabares e até fazer um piquenique.

    Uma das atrações da cidade é subir a Montanha Montjuïc, que além de reservar uma vista incrível abriga edifícios como o Palácio Nacional, sede do Museu Nacional de Arte da Catalunha, a Fundação João Miró, o Jardim Botânico e o Parque Olímpico (a cidade foi sede das Olimpíadas em 1992). Na montanha, a Fonte Mágica atrai milhares de visitantes, iluminando a região com seus espetáculos de música, água e muita luz.

    As praias de Barcelona são atrações à parte. Visite Barceloneta, a praia mais conhecida. Reserve um tempinho para esticar até Sant Sebastià, uma das mais antigas e tradicionais. Bogatell, Mar Bella e Nova Mar Bella também são lindas praias para se conhecer.

    Melhor época para visitar: Todos os meses do ano, embora seja importante saber que as estações são bem definidas. O verão é muito quente, já a primavera e o outono têm o clima mais ameno.

  • Espanha

    Ibiza

    Você já deve ter ouvido falar que Ibiza é o “paraíso dos solteiros” tanto pela paisagem paradisíaca quanto pelas famosas festas que acontecem nessa parte do litoral da Espanha, mas a região oferece muito mais. É um dos principais destinos turísticos do verão europeu para quem procura lazer e descanso em belíssimos cenários que a natureza reserva.

    Leia Mais

    Ibiza tem dezenas de praias para todos os gostos, então não se apegue à fama baladeira da região e prepare-se para conhecer um dos destinos mais bonitos da Espanha. O centro histórico de Ibiza é cercado por muralhas e ruas com casinhas brancas típicas dessa região do Mar Mediterrâneo. O antigo povoado de D’Alt Vila concentra o maior número de atrações, como o Porto de Ibiza, a Catedral Nossa Senhora das Neves, a Rua Mare de Deu e o Miradouro do Rey Jaume.

    Os museus e igrejas localizados nos diversos povoados valem a visita com a calma de quem está de férias. Visite o jazigo fenício da Sa Caleta, o Museu Arqueológico, a Casa de la Curia e a necrópole de Puig des Molins.

    As praias oferecem águas tranqüilas e transparentes, como a Cala d´en Serra e a Cala Tarida, que além das areias branquíssimas, tem rochedos e vegetação costeira que transformam o cenário em paisagens cinematográficas. A Playa d’en Bossa é a maior praia de Ibiza, com os clubes mais conhecidos da região.

    Além das praias, Ibiza tem diversos sítios arqueológicos considerados Patrimônio Mundial pela UNESCO. A Cova de Can Marçà, por exemplo, é um conjunto de cavernas com mais de 100 mil anos, uma das atrações mais procuradas pelos turistas que querem diversificar o passeio.

    Famosa na década de 1970 por ser um verdadeiro point dos hippies, San Carlos tem ótimas opções de bares e restaurantes e diversos festivais de música agitam a região, principalmente em junho.

    Conheça o Mercado de Las Dalias, considerado outro “paraíso hippie”, mas até hoje famoso por suas feirinhas de comida e artesanato, além de eventos culturais que acontecem durante todo o ano.

    Na costa leste da ilha está Santa Eulália, onde se localiza a Igreja de Es Puig de Missa, região perfeita para quem quer unir descanso e muita história. Já Sant Antonio reserva uma grande variedade de hotéis e bares, perfeitos para quem quer curtir a vida noturna.

    Melhor época para visitar: O verão espanhol é perfeito para curtir as praias e pontos turísticos de Ibiza, mas em qualquer época do ano você vai encontrar boas atrações, como os festivais de música e as regiões históricas para visitar.

  • Espanha

    Madri

    No coração da Espanha, Madri reserva ótimos roteiros dentro da cidade. A começar por uma tríade de museus sem precedentes na Europa: Museu Del Prado, Museu Reina Sofia e Thyssen-Bornemisza. É apenas um exemplo cultural do que Madri oferece, em um passeio que revela detalhes da arte, história, arquitetura e cultura espanhola.

    Leia Mais

    Uma opção é começar o passeio por Madri por uma de suas ruas mais conhecidas, a Gran Vía. No local, você vai encontrar de lojas a cinemas, teatros, hotéis e restaurantes. Um agrupamento que retrata uma cidade cosmopolita e moderna, que sabe conviver muito bem com suas antigas tradições. A maioria dos prédios da rua foi construído no início do século XX e são muito bem preservados.

    Os museus são visitas obrigatórias para quem passeia por Madri. Começe pelo Museo Del Prado, um dos mais importantes da Espanha. Inaugurado em 1819, o museu tem um acervo repleto de artistas que mudaram a cultura do planeta, como Rembrandt e Diego Velásquez. Preste atenção na obra “As meninas”, pintada por Velásquez em 1656 e uma das “meninas dos olhos” da exposição permanente.  

    Inaugurado nos anos 90, o Museu Reina Sofia está sediado num edifício do século XVIII e abriga obras de artistas como Pablo Picasso, Salvador Dalí e Joan Miró. É lá que está sediado o famoso Painel Guernica, de Picasso. Para completar a trilogia dos museus imperdíveis de Madrid, visite o Museu Thissen-Bornemisza, no Palácio de Villahermosa. O museu foi organizado pelo governo espanhol em 1993 e abriga a importante coleção de arte da família homônima.

    A Puerta de Alcalá é um monumento localizado na Praça da Independência. Foi construído em 1778, para servir como porta de entrada da cidade. Conhecido como “´portal de cinco arcos” impressiona pela beleza e por dar as “boas vindas” aos turistas. E é na Puerta Del Sol, datada do século XIX, que é possível ver dois importantes pontos turísticos da cidade: a estátua do urso de Madrid, construída em 1967 e o relógio da casa dos correios, onde acontece a principal festa de réveillon da cidade. Da Puerta Del Sol, caminhe até a Plaza Maior e o Palácio Real.

    O Palácio Real, construído como uma fortaleza no século IX, também é uma importante atração da cidade e também abriga um museu. Além do imponente jardim, o espaço tem obras de Caravaggio e Goya, para citar alguns, e também guarda peças da realeza e instrumentos musicais tão antigos quanto valiosos.

    Quem gosta de esporte, não pode deixar de visitar o Estádio Santiago Bernabéu, do time Real Madrid. Inaugurado em 1947, o estádio tem capacidade para 85 mil pessoas, mas não recebe espectadores apenas em dia de jogo. Se a ideia é caminhar, não deixe de conhecer o Parque Del Buen Retiro, o mais importante de Madri e o El Retiro, muito utilizado para prática de atividades físicas.

    Dica: Visite o Mercado de San Miguel, para conhecer a deliciosa gastronomia local, além da cultura da cidade estampada em cada detalhe.

    Melhor época para visitar: Na primavera, de maio a outubro, a temperatura é agradável não há tantos turistas como no verão. No inverno, a cidade pode ficar bem gelada, mas mesmo assim, linda.

  • Espanha

    Valência

    Sabe aquelas cidades que de tão peculiares ganham vida própria dentro do país? Pois é, Valência é assim. A terceira maior cidade da Espanha tem até idioma próprio, o valenciano, e uma série de atrações que tornam a região única, um verdadeiro símbolo do país no século XXI.

    Leia Mais

    A terra da paella valenciana tem uma paisagem tão específica quanto sua cultura. Para começar, a conhecida Lonja de La Seda, considerada Patrimônio da Humanidade, é um dos mais famosos pontos turísticos. O edifício histórico foi construído entre 1482 e 1533, em estilo gótico, para abrigar o comércio local. Um edifício imponente que mostra muito bem a riqueza dos mercadores da época. Hoje é utilizado como centro cultural e berço para diversos eventos.

    Valência abriga também vários prédios assinados pelo arquiteto Santiago Calatrava, o que torna um passeio pela cidade um verdadeiro mergulho na história da arquitetura. Visite, por exemplo, o Centro de Artes e Ciências, marco da parte moderna de Valência. No Palácio das Artes da Rainha Sofia, também obra de Santiago Calatrava, são realizados concertos e óperas, o que permite conhecer a obra por dentro e por fora.

    O Museu de Belas Artes abriga um rico acervo espanhol, com obras de Velásques e Goya para citar alguns artistas. Se a ideia for conhecer mais sobre a cultura local, visite a cidade em março. É quando acontece a festa Las Fallas, com celebração de fogos, desfile de bonecos gigantes e pessoas em trajes típicos. Além disso, durante os dias que antecedem a festa, é possível ver uma série de eventos e competições, de touradas a festivais de paella.

    Visite o Biopac, zoológico que defende o contato com os animais e a educação ambiental e o Centro Arqueológico L´Almoina para completar o passeio pela cultura local e, claro, não deixe de conhecer as praias de Valência. São sete quilômetros, entre a Playa de la Malvarrosa e Playa de las Arenas que reservam paisagens encantadoras.

    Dica: Valência fica a três horas de trem de cidades como Madri e Barcelona. Então aproveite a visita à Espanha para dar uma esticada a essa cidade tão peculiar.

    Idioma: Espanhol e valenciano

    Melhor época para visitar: De abril a outubro, quando a temperatura mais amena. As estações são bem definidas, ou seja, o inverno é gelado e o verão é bem quente. Para aproveitar a cultura local, visite a cidade em março, quando acontecem as festas típicas.

Depoimentos

Tenho interesseDeixe seus dados e receba o contato de nossa equipe de agentes de viagens.

  •     Câmbio
  •     Passeios
  •     Seguro Viagem
  •     Circuitos
  •     City tour
  •     Cruzeiros Marítimos
  •     Ingressos
  •     Locação de Veículos
  •     Passagens Aéreas
  •     Passes de Trem
  •     Reserva de Hotéis
  •     Traslados
Ligamos pra você

Nós ligamos pra você

Enviar