Blog

Destinos Internacionais

Por Maria Cecilia Terres | 15/11/2017 às 09:00:00

Itália: Carnaval em Veneza 

Itália: Carnaval em Veneza 
A cidade labiríntica de Veneza surgiu com as invasões bárbaras, entre os séculos X e XI, e se transformou em um museu romântico ao ar livre

 

Com 417 pontes, o passeio mais conhecido e incrível da cidade é de gondolas, e é por ele que você pode conhecer os principais pontos turísticos, além de aproveitar o momento romântico e único. Navegando pelos canais você pode conhecer a Ponte di Rialto de Veneza, um dos pontos turísticos mais bonitos da cidade, que se tornou um centro de compras bastante visitado; a Ponte dos Suspiros de Veneza, Palazzo Ducale ao prédio onde funcionava a antiga prisão de Veneza e muitas outras.

 

Passeio de gondola em veneza | foto: shutterstock

 

Mas Veneza não é só canais, inúmeros museus, igrejas, construções históricas e grandiosas estão espalhadas por toda a cidade, assim como o Museo del Settecento Veneziano, dedicado ao período setecentista, com arquitetura e decoração típicas, além de móveis, pinturas de renomados artistas e uma curiosa farmácia com objetos em cerâmica.

Gallerie dell’Accademia, o museu que reúne galerias com o melhor da arte veneziana dos séculos XIV ao XVIII, abrange desde obras realizadas na Idade Média até o período barroco. Nelas estão expostas pinturas de grandes mestres, como “Davi” de Michelangelo. Na Piazza de São Marcos você encontrará diversos pontos interessantes, como a Basílica de São Marcos, o Farol-Campanário e o Palazzo Ducale, o elegante edifício dos poderosos doges da República Veneziana. Não perca também bons passeios a pé em Dorsoduro, Murano, Burano e na pequena San Giorgio Maggiore.

 

Basílica de San Marco em Veneza | foto: shutterstock

 

Carnaval em Veneza

No começo do ano acontece o célebre Carnaval de Veneza, um dos mais antigos carnavais do mundo, que você não pode deixar de conhecer. 

Essa tradição começou a partir do século XVI, onde a nobreza se aproveitava dos festejos para se misturar ao povo sem que fossem reconhecidos, por este motivo as máscaras são os elementos característicos do carnaval em Veneza. Os homens usavam uma máscara branca e de formato triangular e suas vestimentas era a “baùta”, um tipo de capa que escondia todo o seu corpo. Já as mulheres usavam uma máscara escura chamada de “moretta” que ficava presa a boca, o que as impediam de se expressar. 

Nos dias atuais a festa acontece de forma diferente. Para quem tem como referência o carnaval brasileiro, lá não existem muitas músicas, blocos ou desfiles. As pessoas se vestem para somente para serem vistas e para manter uma tradição, cuja mesma atrai milhares de turistas para a cidade nessa época do ano.

A festa carnavalesca acontece antes do início da quaresma, dias que antecedem a páscoa.  Por acontecer no inverno e a cidade estar localizada mais ao norte da Itália, o carnaval de Veneza tem roupas grandiosas e muito cobertas, que fazem lembrar um baile de gala do ano de 1.700. A bebida mais apreciada nesta época, em Veneza, são os espumantes.

Para conhecer o Carnaval de Veneza, separamos um roteiro de viagem você aproveitar essa feta: Carnaval em Veneza.

Agradecemos a sua visita a nosso blog e aproveite também para visitar outros posts onde falamos sobre Roma e o Vaticano.

 

0 Comentários

Deixe seu comentário

Galeria Fotos

    Ligamos pra você

    Nós ligamos pra você

    Enviar