Blog

Destinos Internacionais

Por Maria Cecilia Terres | 01/11/2017 às 09:00:00

Itália: massas, vinhos e belas histórias

Itália: massas, vinhos e belas histórias
O país, localizado no Sul da Europa, além de mundialmente famoso pela culinária, é considerado o berço da civilização ocidental e uma superpotência cultural.

 

De malas prontas, a nossa seleção do mês é a Itália. Localizada no Sul da Europa e conhecida em nível internacional pelas suas belezas, o país em formato de bota guarda mais da metade do patrimônio histórico-artístico do mundo, de acordo com a Unesco, além de sítios arqueológicos e mais de 3.000 museus.  Mas não é só de belezas que é feita a Itália, sua culinária também famosa, principalmente pelas massas – inclusive, foi o primeiro país da Europa a usar o garfo, por causa do macarrão – por ter apresentado ao mundo o sorvete, a torta de frutas, além de ser a terra do vinho. 


Considerada uma das capitais da moda, inúmeras marcas são italianas, como: Armani, Versace, Gucci, Prada e Valentino. O país, que desperta os melhores sentimentos em quem o conhece, recebe mais de 50 milhões de turistas por ano, representando 63% da renda nacional. Para viajar até lá, turistas brasileiros não necessitam de visto de entrada, para permanência de até 90 dias, mas indicamos portar passaporte com validade de no mínimo seis meses. Ao viajar para a Itália, é importante frisar que é necessário o passageiro ter o seguro viagem internacional com pelo menos EUR30.000,00 de cobertura.


Roma

Roma, a capital da Itália e uma das cidades mais importantes da história da humanidade, exerce grande influência no desenvolvimento da história e da cultura dos europeus durante milênios. Conhecida também como "Cidade Eterna", é a mais antiga cidade continuamente habitada do mundo. A harmonia entre presente e passado fazem da cidade, que possui elementos do Império Romano e características de metrópole, um destino completo para quem deseja mesclar história e diversão. 

Caracterizada por seu clima mediterrânico, com invernos suaves e úmidos e verões quentes e secos, para aproveitar tudo o que a cidade tem a oferecer são preciso três coisas: acordar cedo, ter um bom mapa e bastante pique. O ideal é fazer passeios a pé, pois além de evitar o trânsito caótico da metrópole, você pode descobrir ao longo das pequenas ruas uma das muitas fontes de água potável, ótimos cafés, lindas pracinhas e estátuas ou monumentos históricos.

Dentre as inúmeras Fontes que você vai encontrar na cidade, a Fontana di Trevi é especial. Diz a lenda que quem jogar uma moeda na fonte voltará a cidade e, confirmando a grande popularidade e desejo dos turistas, por ano são recolhidos aproximadamente três mil euros em moedas.

 Em Roma, você não pode deixar de conhecer o Coliseu, uma grandiosa construção, com quase dois mil anos, que é um dos principais símbolos da cidade e foi palco de combates entre gladiadores e batalhas com animais durante o Império Romano.  Às sextas-feiras Santas o Papa preside ali a Via Crucis, lembrando os primeiros cristãos que morreram na arena.

Próximo ao Coliseu você pode visitar o Arco de Constantino, um dos monumentos da Roma Antiga mais preservados nos dias de hoje; o Fórum Romano, um dos lugares mais impressionantes de Roma, aonde acontecia a vida social e religiosa dos povos da Roma Antiga; a Basílica de San Pietro in Vincoli, que guarda as correntes com quais São Pedro foi encarcerado e a escultura “Moisés”, de Michelangelo; a Basílica de São Clemente, aonde é possível apreciar os lindos mosaicos do século IX, no chão e teto; e o Monte Palatino, a mais central das sete colinas e aonde se instalou a classe alta do antigo Império Romano . Todos eles podem ser visitados a pé.

Em Roma tudo é história e em cada cantinho você encontrará provas disso. As ruas de Trestevere, um dos bairros mais charmosos da cidade, são belo exemplo. Ruelas estreitas, de paralelepípedos e cercadas por casas do estilo medieval, abrigam inúmeros bares e restaurantes que servem culinária local, a verdadeira pizza romana e a tradicional pasta. Aqui vale esquecer o mapa e se perder entre as pequenas ruas, barraquinhas de artesãos e varais de roupas que cruzam o céu, até chegar a Piazza Santa Maria in Trastevere, uma das principais praças do bairro. Na Ponte Sisto, que atravessa o rio Tibre e separa o Campo d’Fiori de Trastevere, é possível avistar a cúpula da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Viajar pela Itália significa estar rodeado de história, arte e gastronomia. A cada lugar visitado, você se encantará ainda mais pelo país. Em nosso site você pode conferir alguns roteiros de viagem pela "Cidade Eterna", são eles: Além de Roma e Roma e Região de Puglia.

Agradecemos a sua visita ao nosso blog e, como dizem os italianos: "Arrivederci” - até logo.

1 Comentários

Deixe seu comentário

Galeria Fotos

    Ligamos pra você

    Nós ligamos pra você

    Enviar