Blog

Destinos Internacionais

Por Maria Cecilia Terres | 07/11/2017 às 00:00:00

Vaticano: o menor país do mundo.

Vaticano: o menor país do mundo.
Considerado o menor país do mundo, com pouco mais de 800 habitantes, o Vaticano está dentro de uma área cercada com 44 hectares, em Roma, com selos, moeda própria e chefe de governo, o Papa.

 

A sede da Igreja Católica possui atrações imperdíveis, desde monumentos históricos, obras da renascença, talhadas por mestres como Michelangelo, Rafael e Bernini, joias arquitetônicas, até a chance de estar na presença do Papa.

Logo na entrada está a Piazza San Pietro, onde o Papa fala aos fiéis. Lá você já encontra as primeiras obras, como as galerias e colunas de Bernini, o Obelisco do Vaticano, onde acredita-se que o Papa Sixto V colocou pedaços originais da cruz de Jesus Cristo, e a famosa Basílica de São Pedro, a maior igreja do catolicismo. É também na praça que estão os Correios do Vaticano, de onde você pode enviar cartões postais para quem desejar, diretamente do menor país do mundo e com selo oficial.

Beleza, arte e história, é o que você irá encontrar ao entrar na Basílica de São Pedro. A construção atual demorou mais de 120 anos para ser terminada e guarda em seu interior mais de 340 estátuas, em suas paredes e tetos obras de Michelangelo, Bramante, Rafael e Bernini.

Destaque entre as obras, a “Pietá”, de Michelangelo, está localizada logo na primeira capela, à direita de quem entra na Basílica. A obra é o retrato da Virgem Maria segurando o corpo de Jesus Cristo morto após a crucificação, e está protegida por um vidro à prova de balas desde que foi atacada com um martelo por um homem, em 1972.

Também na basílica, há um monumento onde estão enterrados diversos Papas e uma área para confissões, que podem ser feitas em português. Se você deseja ver o Vaticano e Roma em 360°, você pode subir até a cúpula da basílica. Mas é preciso estar preparado, são 537 degraus ou 320, fazendo parte do trajeto de elevador.

 Praça São Pedro - Vaticano | foto: shutterstock

Em sua ida ao Vaticano visite também Os Museus do Vaticano, chamamos no plural por serem vários pequenos museus, mas todos estão localizados no Palácio dos antigos aposentos papais e interligados. Eles guardam uma grande diversidade de obras e valem a visita.

No final do museu que está a Capela Sistina, um dos maiores tesouros do Vaticano, que não chama tanta atenção por sua arquitetura, mas sim pelos frescos que cobrem totalmente as paredes e o teto. Alguns dos artistas mais importantes da história trabalharam nela, como Botticelli, Perugino, Luca ou Michelangelo. 

Para os que buscam estar na presença do Papa, atualmente o Papa Francisco, existem duas possiblidades de vê-lo: uma as quartas-feiras e a outra aos domingos. Toda quarta, sempre às 10h, na Praça São Pedro acontece a Udienza Generale, onde o pontífice passa de papamóvel entre os fiéis os cumprimentando. Após, transmite uma mensagem para os presentes e, no final, dá a sua benção. Lembre-se, esse é um momento de encontro com os peregrinos e visitantes, não é a Santa Missa. Já aos domingos, é o dia do Angelus, que acontece também na Praça São Pedro, sempre às 12h. Basta chegar e aguardar o momento acontecer, o Papa aparecerá na janela do prédio ao lado direito da praça, onde fica localizada a biblioteca do Vaticano.

 Papa Francisco - Vaticano | Shutterstock

Se você vai visitar a capital italiana, não seja um dos protagonista do ditado “foi a Roma e não viu o papa”. O Vaticano fica a cerca de 4,5 km do Coliseu, de transporte público o trajeto é feito em 30 minutos aproximadamente.

Agradecemos a sua visita ao nosso blog e não deixe de conferir a postagem que falamos de Roma. Até a próxima.

 

0 Comentários

Deixe seu comentário

Galeria Fotos

    Ligamos pra você

    Nós ligamos pra você

    Enviar