Blog

Dicas de Viagem

Por Klas Viagens | 08/03/2018 às 00:00:00

Atenas: uma imersão na Grécia Antiga

Atenas: uma imersão na Grécia Antiga
Uma das cidades mais antigas do mundo, com seu território habitado há mais de três mil anos, Atenas é a capital da Grécia e um dos locais que mais reúne ligações históricas e monumentais do mundo.

 

Atualmente, Atenas é uma metrópole cosmopolita e o centro econômico, financeiro, industrial, político e cultural da Grécia. Além de ser a principal porta de entrada para o país, Atenas tem diversos motivos que convidam a uma boa visita. Sede dos Jogos Olímpicos de 2004 e a cidade que reúne mais de um terço de toda a população grega, Atenas mescla paisagens modernas, com as ruínas bem conhecidas dos livros de história, fruto da preservação milenária, que guarda o início da história da civilização ocidental.

A sua visita, como a de praticamente todo o turista que vai até Atenas, pode começar pela Acrópole de Atenas, a mais famosa do mundo. Construída no ponto mais alto das cidades, as acrópoles possuíam funções defensivas e sagradas, capaz de dominar todo o território.  É nela que estão as principais construções do mundo antigo, como o Parthenon, templo Erechtheion, Teatro Herodes Atticus e Teatro Dionísio, na parte externa da Acrópole, e muito mais.

 Erecteion

Considerado o monumento mais impressionante de toda a Acrópole, o Parthenon, dedicado à Deusa Athena Parthenos, tem como grande destaque seu design grandioso e rico em detalhes, mesmo após sofrer tantas intervenções, devido ao tempo. É na Acrópole que estão também Propileu, monumento de entrada da Acrópole, que delimitava os acessos e as diferentes funções na Grécia Antiga; o Erecteion, o templo mais sagrado de todo o monumento, o Templo de Niké, aonde eram celebradas as vitórias sobre os persas, e claro, a vista privilegiada do alto da Acrópole, um dos principais motivos da escolha de sua localização.

Para incentivar o turismo em outros sítios arqueológicos de Atenas, o governo grego criou o ticket único de turismo, que permite a entrada na Acrópole e em outros sítios próximos a ela, com diferentes monumentos que compõem a história da Grécia Antiga. Vale ressaltar que o ticket não permite acesso ao Museu da Acrópole.

 Teatro Herodes Atticus

Incluso no ticket de entrada para a Acrópole está o Templo de Zeus Olímpico, o maior e mais antigo monumento grego.  Sua construção levou 700 anos para ser concluída e originalmente era composta por 104 colunas de mármore, das quais restaram apenas 15. Próximo ao Templo está o Arco de Adriano, um portal de 18 metros de altura, construído em homenagem ao Imperador Adriano, que se tornou o marco de fronteira entre a velha e a nova cidade de Atenas. Duas frases marcam o objetivo do portão. Voltada para a parte antiga da cidade e para a Acrópole a frase diz: “Esta é Atenas, a cidade antiga de Teseu”; já para a parte nova, com investimentos de Adriano e voltada para o Templo de Zeus Olímpico, a frase é: “Esta é Atenas, cidade de Adriano e não de Teseu”.

Para mergulhar ainda mais fundo na história da cidade fantástica que é Atenas, dois museus precisam estar em seu roteiro: o Museu da Acrópole de Atenas e o Museu Arqueológico de Atenas. O Museu da Acrópole possui uma grande coleção de peças que compunham os monumentos da Acrópole, como diversas esculturas e peças clássicas, fragmentos de alguns edifícios, dedicado exclusivamente a expor aquilo que foi encontrado na Acrópole, contando sua história e seu funcionamento. Na sala dedicada do Parthenon estão os objetos mais importantes de e de maior valor expostos pelo museu. Hoje, ele é considerado um dos principais museus da Grécia.

 Arco de Adriano

Já o Museu Arqueológico, fundado no final do século XIX é, além do maior museu arqueológico da Grécia, um dos museus mais importantes do mundo em sua temática, a Antiga Grécia. Organizado por coleções, o museu expõe peças da pré-história, objetos de bronze, uma grande coleção de arte do Egito, joias, múmias, objetos procedentes de Santorini, esculturas e muito mais tesouros arqueológicos.

Um pouco mais distante da Acrópole e dos outros sítios arqueológicos está o Estádio Panatenáico, estádio das primeiras olimpíadas da era moderna! A construção toda de mármore é um espetáculo à parte, e já passou por diversas transformações até chegar a forma atual. Construído pela primeira vez em 330 a.C., o estádio foi palco dos jogos panatenaicos, que deu origem as olimpíadas modernas.  É do estádio que acontece a saída da tocha olímpica da Grécia para o país sede dos próximos jogos.

 Estádio Panatenaico

Mas, Atenas não é apenas monumentos históricos. A cidade é mundialmente conhecida por sua receptividade, restaurantes, bares e boas festas. Em sua visita, aproveite para conhecer Delfos, um pequeno povoado que possui uma vista sem igual do mar. Ele possui grande variedade de lojas, bares panorâmicos, hotéis, além da Zona Arqueológica e do Museu Arqueológico.

Para as compras, reserve uma vista a Monastiraki, um dos cantos mais interessantes da cidade.  Lá é possível encontrar todo o tipo de mercadoria, desde uso pessoal, para eventuais necessidades durante a viagem, até souvenires.  É em Monastiraki que está a rua Ermou, a mais famosa de Atenas.  O passeio turístico no bairro fica por conta da Mesquita Tzisdaraki e da Biblioteca de Adriano.

 Rua Ermou

Se assim como nós, você ficou impressionado com a grande opção de passeios e a diversidade da cidade de Atenas, entre em contato com a Klas e escolha o melhor pacote de viagem para a Grécia.

 

Pacotes Relacionados

0 Comentários

Deixe seu comentário

Galeria Fotos

    Ligamos pra você

    Nós ligamos pra você

    Enviar