Blog

Destinos Internacionais

Por Jéssica Guidolin | 21/06/2017 às 12:01:00

Califórnia: onde ir e o que conhecer

img
O próximo destino é o Estado americano que oferece ao turista desde um rico litoral até pontos turísticos famosos, diversidade de belezas naturais e marcantes experiências gastronômicas. Esta é a Califórnia.

Sendo o Estado mais populoso, o mais rico e o terceiro maior em extensão territorial dos Estados Unidos, a Califórnia abriga cidades muito conhecidas como San Diego, San Francisco, Malibu, San José, Monterey, Santa Bárbara, Los Angeles, Santa Mônica, entre outras.

É neste Estado que se encontram as populares árvores gigantes chamadas sequóias.  A imensidão dessas espécies de árvores impressiona os turistas que visitam o Yosemite; o Sequoia National e o Kings Canion – três parques onde elas podem ser vistas.

 

 

 

A diversidade climática é o que não falta na Califórnia, indo desde altas temperaturas que permitam apreciar o descanso de uma praia, até locais áridos e regiões onde é possível aproveitar a neve. Exemplo disso, são as cidadezinhas como Mammoth Lakes, Lake Tahoe, Squaw, Heavenly e Northstar - lugares com paisagens espetaculares e cheios de atrações para praticar esportes na neve. Inclusive, o Lake Tahoe tem uma das vistas mais bonitas e de tirar o fôlego, considerado o maior lago de região alpina de toda a América do Norte.

San Diego 

Mas se a intenção é desfrutar ao máximo de um clima mais ameno e, muito semelhante ao do Brasil, uma opção é San Diego. Composta de belas praias e um lugar que respira natureza, San Diego é considerada o berço da Califórnia. São 112 km de litoral, com praias calmas e outras badaladas, ficando muito ao gosto do turista. Uma das paradas interessantes é na La Jolla que permite uma vista incrível do mar com uma concentração grande de pedras, sem contar num jardim para passar um tempo com a família. A cidade também é repleta de parques e reservas naturais, com jardins, trilhas e penhascos. Uma das opções são o Parque Balboa; Parque Natural Sunset Cliffs; Reserva Estadual de Torrey Pines, entre outros.  

 

 

 

Para quem tem crianças, uma boa alternativa em San Diego é o Legoland, um universo divertido de legos com diferentes atividades, entre elas dirigir um carrinho de lego e apreciar cidades populares dos Estados Unidos na versão deste brinquedo. Na cidade, também é possível visitar o San Diego Zoo, um dos maiores zoológicos do país, e o Wild Animal Park que possui um safari. Um dos parques mais conhecidos de Orlando, o Sea World, também abre as suas portas  em San Diego. Por falar em parque, na Califórnia, mais precisamente na cidade de Anaheim, a cerca de 155 km de San Diego, encontra-se a Disneyland, assim como em Orlando. Bem em frente a este parque existe um outro – o Disney California Adventure. Então, se pretende fechar o roteiro de visitação de parques, essa é uma sugestão.

 

 

 

E mesmo com todas as opções de turismo, é fundamental não esquecer dos locais para se experimentar uma boa culinária. Em San Diego, restaurantes, inclusive a vida noturna da cidade, se concentram principalmente no Old Town, a parte histórica da região.

 

Los Angeles

 

 

 

Outra localidade que merece um espaço no roteiro de viagem é a famosa Los Angeles, a cidade mais populosa da Califórnia. Afinal, é em seu território que se encontra Hollywood, o maior símbolo da indústria cinematográfica, a terra que sedia a cerimônia de premiação do Oscar e onde está a Calçada da Fama, localizada na Hollywood Boulevard. E se ali se respira um mundo do cinema, nada melhor do que conhecer os estúdios da Sony, Universal, Paramount e Warner, onde os filmes que conquistam o mundo todo são produzidos. Esses filmes podem ser assistidos em grande estilo no cinema que exibe grandes estreias ali mesmo, em Hollywood, no Grauman’s Chinese Theatre.

 

 

 

O clima de luxo paira no ar de Los Angeles, principalmente em Beverly Hills, composta de avenidas como a Rodeo Drive, a mais conhecida de todas, que concentra as lojas de marca mais famosas do mundo. Na região também ficam as mansões de celebridades como Madonna, Paris Hilton e até a última residência em que Michael Jackson viveu. Para conhecer todas as casas, é oferecido um tour que passa por todas as ruas onde estão as mansões famosas. 

 

 

 

Se engana quem pensa que a cidade só é composta de referências ao cinema. Los Angeles também abriga cultura. Ali localiza-se uma grande e diferente quantidade de museus. No Getty Center, por exemplo, é possível apreciar gratuitamente pinturas, esculturas, artes asiáticas e europeias, além de obras de Van Gogh e Monet. Já artes contemporâneas, o turista encontra no The Broad Museum, que abriga mais de duas mil obras de Ely e Edith Broad, os fundadores deste museu que foi inaugurado em 2015. As peças expostas no local são de encher os olhos. O Los Angeles County Museum of  Art é outra opção – o maior museu de arte  da Costa Oeste dos Estados Unidos, com mais de 1.500 peças em seu acervo datadas do século XIX até as mais atuais.  Existe também o Natural History Musem of Los Angeles, com 35 milhões de peças que contam a história em relação ao mundo, desde os seus primórdios.

 

 

 

Um passeio em Los Angeles que é interessante incluir no roteiro é o Griffith Park. Este é um dos maiores parques urbanos do país e é bem conhecido por suas trilhas. Dentro dele existe um o observatório que permite avistar a cidade e também o letreiro famoso de Hollywood. O local foi cenário de muitos filmes e séries. 

 

Santa Mônica

Bem próximo de Los Angeles está a compacta e charmosa Santa Mônica. A cidade praiana, curiosamente, tem apenas 21, 8 km de extensão, o que favorece um estilo de vida mais saudável, já que tudo pode ser percorrido a pé ou de bicicleta. Com um clima agradável em grande parte do ano, Santa Mônica encanta por suas oportunidades de compras, na Third Street Promenade, por exemplo; por sua culinária variada, principalmente com ingredientes naturais frescos, vindos principalmente da própria região; e por suas opções de lazer, que incluem especialmente o famoso píer, localizado próximo à Santa Mônica Beach. No Píer de Santa Mônica encontra-se o Pacific Park, com diferentes brinquedos, inclusive a roda gigante que é a única do mundo movida a energia solar.

 

 

 

San Francisco

Depois de todas essas dicas, impossível não mencionar também a cidade de San Francisco, que ajuda a compor uma viagem inesquecível à Califórnia. Cada parte da cidade reserva bons passeios, momentos em famílias e inúmeras fotos. Aliás uma foto oficial no cartão postal de San Francisco - a Golden Gate Bridge - não pode faltar. A ponte dá acesso à pequena cidade de Sausalito, em Manin, à beira da Baía de San Francisco.

 

 

Apesar da característica urbana de San Francisco, a região oferece contato com a natureza.  O Golden Gate Park é um exemplo disso. Este é o terceiro parque mais visitado do país, sendo maior que o famoso Central Park, localizado em Nova York. Devido à grande extensão, o local abriga bosques, estufas, museus, entre outras atrações. Ali, o turista encontra um lugar todo especial – o Conservatory Of Flowers, a estufa feita de madeira e vidro mais antiga dos Estados Unidos e o local mais antigo do próprio parque. A estufa reúne mais de 1.700 espécies de flores. 

 

Falando em construções do passado, é no Golden Gate Park que se encontra também o Jardim Japonês mais antigo dos Estados Unidos – o Japanese Tea Garden, com elementos e plantas nativas da cultura japonesa. De fácil acesso a parti deste jardim está o De Young Museum que reúne obras, pinturas e esculturas americanas.

Outro museu dentro do parque é o California Academy Of Sciences que possui em sua estrutura um planetário, um museu de história natural, sendo um dos maiores do mundo, e um aquário. Todas as atrações são compostas de muita didática e interatividade.

Além dessas atividades, o Golden Gate Park ainda oferece o Jardim Botânico, um imenso lago, trilhas e até uma área para bisões.

Uma experiência que merece atenção na cidade é o passeio pelas ladeiras de San Francisco a bordo dos cable cars, mais conhecidos como bondinhos. Não apenas para fim turístico, eles também são um dos meios de transporte espalhados pela cidade. Na Union Square, um dos maiores centros comerciais da cidade, está a linha inicial do trajeto, na estação Powell Street. Inclusive os cable cars têm um museu especialmente para eles na cidade, com um acervo antigo contando a história deste transporte.

Ao andar de bondinho, uma das paradas obrigatórias é na Lombard Street, que merece um registro de perto. Esta é uma rua totalmente íngreme e cheia de curvas, com muitas flores e também residências. Por ela, é possível passar de carro e a pé. 

 

 

Na lista de turismo em San Francisco ainda é importante citar:

Fisherman’s Wharf: antigamente era caracterizado por ser o maior mercado de peixe da localidade e o cais onde se concentravam os pescadores. Hoje, é um dos pontos turísticos mais tradicionais e mais visitados. A região possui lojas e diferentes restaurantes com pratos frescos de frutos do mar. Além disso, possui o Museu Marítimo com barcos, navios e até um submarino usado na 2ª Guerra Mundial.

- Píer 39: composto de diversas lojas espalhadas em toda sua extensão. Ali está o Aquarium Of The Bay com mais de 20 mil espécies de diferentes animais. No píer, é possível avistar leões marinhos; a Baía de San Francisco; a Golden Gate Brigde e até a Ilha de Alcatraz.

 

 

 

Píer 39

- Ghirardelli Square: o local que antigamente era uma fábrica de chocolate, hoje é uma praça com restaurantes e lojas, inclusive a própria loja de chocolates Ghirardelli.

- Alcatraz: para chegar à ilha mais fotografada e visitada do país, localizada na Baía de San Francisco, é preciso pegar um barco no Píer 33, próximo ao Fisherman’s Wharf. A Ilha de Alcatraz é carregada de história, pois abriga o presídio de San Francisco, que já foi um forte militar e posteriormente uma prisão federal, considerada uma das mais seguras do mundo e onde estiveram figuras famosas do crime, como Al Capone. O local desativado permite ao visitante fazer um tour para conhecer várias áreas da prisão, inclusive as celas.

- Chinatown: bairro com influências asiáticas, com construções, tradições, lojas e gastronomia chinesas. Uma verdadeira imersão ao oriente, dentro de San Francisco, já que Chinatown é o mais antigo e o maior grupo chinês fora da Ásia.

- Vale do Silício: nos arredores de San Francisco está o Vale do Silício, passeio imperdível para quem ama a internet. O local concentra diversos escritórios e sedes de empresas de tecnologia conhecidas no mundo todo, entre elas Google, Apple, Dell, Intel, Microsoft, entre tantas outras.

 

Se você ficou com vontade de conhecer a Califórnia e não sabe por onde começar, não se preocupe, pois na Seleção do Mês da KLAS há dois roteiros para você viver incríveis experiências em São Francisco e Los Angeles.

Para os amantes de vinhos, a KLAS sugere o roteiro enogastronômicoCalifórnia: rota dos vinhos”. Com esse roteiro, o passageiro conhecerá São Francisco e degustará a bebida em ótimas vinícolas.

Já os amantes de cinema, além de conhecer São Francisco, passará uns dias em Los Angeles conhecendo pontos turísticos como Hollywood, Calçada da Fama, Grauman's Chinese Theatre e o Dolby Theatre (onde acontece a cerimônia do Oscar) e muitos outros lugares ao lado de um guia brasileiro. É só clicar no roteiro “Encantos da Califórnia”, se informar com um dos consultores de viagens e arrumar as malas.

 

 

0 Comentários

Deixe seu comentário

Galeria Fotos