Blog

Destinos Internacionais

Por Maria Cecília Terres | 22/07/2017 às 00:00:00

Peru: Um dos destinos mais encantadores e procurados da América do Sul

Peru: Um dos destinos mais encantadores e procurados da América do Sul
Nossa próxima parada é o Peru. Um país sul americano dividido em três regiões geográficas e banhado pelo Oceano Pacífico, sua população é estimada em 31 milhões de habitantes de diversas origens, como mestiços, ameríndios, europeus, africanos e asiáticos.

Para visitar o país, os brasileiros não necessitam de visto. São exigidos apenas passaporte ou a Carteira de Identidade - desde que tenha sido emitida há menos de dez anos. Você pode ir a Cusco visitar o legado do império Inca, em Lima conhecer monumentos históricos e toda a estrutura de uma metrópole e claro, o Machu Picchu – considerado patrimônio Cultural e Natural da Humanidade.

 

Lima

A capital do Peru é também a sua maior cidade e a terceira maior da América Latina. Cerca de um terço da população nacional vive em sua área metropolitana.

Um dos destinos mais procurados da América do Sul, Lima abriga edifícios coloniais, museus, sítios arqueológicos, apresentações culturais de arte popular, discotecas, casinos de luxo e casas de jogos, além da culinária mundialmente conhecida e todas as características de uma metrópole.

Seu Centro Histórico faz parte do Patrimônio da Humanidade da Unesco e nele está concentrada a força histórica do país. Passeando por lá você encontrará a Catedral de Lima, a igreja de San Francisco, onde existem catacumbas com restos mortais de mais de 25 mil pessoas, a praça San Martin e muitos outros lugares interessantes. 

 

 

O Circuito Mágico das Águas é uma opção encantadora, principalmente se o passeio for com crianças. Localizado no Parque de La Reserva, 13 fontes ornamentais e interativas combinam água, luz, música e efeitos de laser que encantam qualquer pessoa. É considerado pelo Guinness World Records o maior complexo de fonte em um parque público no mundo, e um símbolo da recuperação de espaços públicos no Peru. 

  

 

Para quem gosta da noite e quer desfrutar da culinária o Bairro de Barranco é roteiro obrigatório. Muitos bares, baladas e restaurantes tradicionais estão por lá e oferecem o famoso drink piscos sours, a caipirinha peruana a base de pisco e limão, e a cerveja Cusqueña.

E se você que viajar no tempo, o Complexo Arqueológico de Pachacámac é o melhor ponto turístico. Localizado a aproximadamente 30km de Lima, tem a imponência das altas pirâmides truncadas, palácios, templos e praçasconstruídos entre 1300 d.C. e 1400 d.C. O local transmite a hierarquia política, cultural e religiosa que teve o deus Pachacámac e é incrível.

 

Cusco

A cidade de Cusco, que em espanhol significa o umbigo do mundo, está situada no sudeste do Vale Sagrado dos Incas e era a capital do antigo império. Hoje, com população de aproximadamente 300.000 habitantes, é o principal ponto de partida para o Machu Picchu, mas este não é o seu único atrativo. 

  

 

Com uma mescla de arquitetura inca e colonial espanhola, o centro histórico da cidade narra histórias de épocas anteriores. O Convento de Santo Domingo, por exemplo, foi o principal e mais cheio de riquezas visto no Peru, com paredes recobertas de ouro maciço. Hoje, o ouro não está mais ali, mas o registro da sofisticada arquitetura inca é notável em todos os cantos. 

Além dele, a Praça das Armas deve estar entre os lugares indispensáveis no seu roteiro. Considerado o coração da cidade, o local foi fundado no século XII e reflete a invasão dos espanhóis e a destruição da civilização Inca. Nas proximidades estão diversas igrejas que valem a pena dar conhecer.

Poucos quilômetros do centro de Cusco, você também pode visitar o sítio arqueológico Saqsaywamán, que tem pedras enormes, chegando a pesar toneladas, compondo sua construção. A sua finalidade ainda é discutida por estudiosos, alguns afirmam que a grande construção teria fins militares e outros que os propósitos seriam religiosos. 

 

Machu Picchu

O destino mais procurado no Peru, o Machu Picchu é uma cidade pré-colombiana localizada na faixa de transição da Cordilheira dos Andes com a Amazônia, a 2.400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba.

Declarado pela UNESCO patrimônio cultural da humanidade e indicado como “o legado tangível mais significativo da civilização inca”, a cidadezinha perdida atrai milhares de visitantes diários, não apenas por suas paisagens ou suas histórias fascinantes, mas também pela fama de transmitir boas energias a quem a visita. 

 

Destinada a ser um centro político e administrativo, a cidade de Macchu Picchu foi construída no século XV, com pedras trabalhadas, todas encaixadas umas às outras. Entre as principais construções estão a Intihuatana, uma pedra com quase dois metros de comprimento que, segundo estudos, funcionou como relógio solar ou calendário dos incas.

As Três Ventanas, conhecidas também como três janelas, estão viradas para as montanhas sagradas no entorno de Machu Picchu e simbolizam os três mundos incas: o céu, a terra e o subterrâneo.

A única construção circular da cidade, o Templo do Sol, que tem uma janela alinhada perfeitamente ao solstício de verão, é integrado ao complexo que reúne a principal fonte de água da cidade, as três paredes de culto ao vento e o templo dedicado a Pachamama (mãe terra). 

 

Você tem inúmeras construções fantásticas para conhecer na cidadezinha perdida dos Incas. Destinar o dia todo para este passeio é importante, assim você poderá aproveitar cada momento. 

0 Comentários

Deixe seu comentário

Galeria Fotos

    Ligamos pra você

    Nós ligamos pra você

    Enviar