Klas, Agência de Viagens em Curitiba e Niteroi
RJ (21) 2705-3080
PR (41) 3242-9000

Rússia

Desde o fim da União Soviética, em 1991, o turismo na Rússia aumentou consideravelmente. A região tem mais a oferecer do que muito frio e vodka. Uma arquitetura incrível e uma cultura peculiar aguardam os visitantes. É claro que a capital Moscou e a cidade de São Petersburgo reúnem os principais pontos turísticos do país, mas não deixe de ir além e visitar paisagens de perder o fôlego, como os lagos e igrejas da Karelia, na fronteira com a Finlândia.

Antes de conhecer os principais pontos turísticos da Rússia, que tal mergulhar na cultura do país? Embale-se com os passos das consagradas companhias de balé Bolshoi e Kirov, escute as músicas de Stravinki e Tchaikovski e leia os clássicos de Tolstoi e Dostoievski. Depois disso, você estará pronto para ingressar no universo mágico que configuram as paisagens do maior país do mundo, que se estende de Vladivostok ao Mar Báltico, da gélida Sibéria aos resorts do Mar Negro.

O turismo se concentra nas cidades de Moscou e São Petersburgo. Na capital, conheça a Praça Vermelha, uma das mais conhecidas da Rússia, que abriga a Catedral de São Basílio. A igreja foi erguida entre 1555 e 1561 e marca o centro geométrico da cidade. Ainda em Moscou, está situado o famoso Kremlin, que serve de sede do governo da Rússia. A fortaleza ocupa cerca de 30 hectares e contém vários monumentos no seu interior. Não deixe de conhecer a sede do Teatro Bolshoi, edifício histórico assinado pelo arquiteto Joseph Bové.

Na Rússia, há uma ilha situada no Lago Onega. Trata-se de Kizh, conjunto de três grandes e antigas construções eclesiásticas de madeira, com arquitetura peculiar, que são consideradas Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Para o acesso, é preciso atravessar o lago a partir de Petrozavodsk (capital da República da Carélia) e realizar visitas durante o dia, já que não há alojamentos por lá.

Em São Petersburgo há uma concentração de museus, prédio e monumentos que representam a grandiosidade da Rússia, como o Museu Hermitage, um dos maiores museus de arte do mundo. São dez prédios, situados ao longo do Rio Neva e a Catedral de Santo Isaac, que em 1931 foi transformada em museu. Vá até a base da cúpula e confira a exuberante vista da cidade. Estenda a visita por Vladivostok e aventure-se pelos 10 mil quilômetros e oito fusos horários da ferrovia transiberiana, com pradarias intermináveis e uma vista magnífica do Lago Baikal.

Opções de Destinos

  • Rússia

    Moscou

    Visitar Moscou é voltar para casa com uma bagagem histórica gigantesca. A capital da Rússia tem atraído cada vez mais turistas com suas largas avenidas, construções históricas, prédios modernos, trânsito frenético, bares e cassinos. Cosmopolita e extremamente vibrante, Moscou vai conquistar você.

    Leia Mais

    Kremlin e a Praça Vermelha, símbolos de uma nação que já foi uma das mais influentes do mundo, não podem ficar de fora do roteiro. A Praça Vermelha - Krasnaya Ploshchad é a origem, coração e alma da cidade. Ela fica localizada entre as muralhas do Kremlin (sede do governo), a catedral de São Basílio (com as cúpulas coloridas) e o Museu Histórico Nacional, e vale cada centavo investido na viagem. Caminhe sem pressa por esta imensa área pavimentada.

    A arquitetura de Moscou é outro ponto que chama a atenção de quem passeia pela cidade. Em meio as construções antigas você vai se deparar com a modernidade de arranha-céus e lojas luxuosas. Cada momento vivido em seu passado está marcado nas esquinas, praças, construções e ruas da cidade, mas ao mesmo tempo o futuro também se faz presente. Alguma dúvida de que vale a pena embarcar nessa? Venha bater um papo com os consultores da Klas.

  • Rússia

    São Petersburgo

    O complexo urbano de São Petersburgo está localizado sobre uma extensa rede de ilhotas e canais. Edifícios barrocos, palácios suntuosos e igrejas imponentes fazem parte da arquitetura. O Museu Hermitage, no Palácio de Inverno, é um dos maiores do mundo. O Palácio de Catarina e a Catedral de Pedro e Paulo são apenas alguns dos prédios que são visitas obrigatórias para quem está na cidade.

    Leia Mais

    Para começar, São Petersburgo já traz uma história impressionante da sua fundação. Consta que o jovem príncipe Pedro resolveu construir uma capital moderna, com ares europeus. Assim, a cidade já nasceu bela e com monumentos que revelam uma cultura transmitida em todos os detalhes: nas ruas, nas calçadas, nos prédios e na arquitetura, para citar alguns.

    Além do Museu Hermitage, o Museu Russo também vale a visita, já que abriga um rico acervo de obras de arte do país. Além dos museus, galerias de arte, teatros, parques e jardins exuberantes fazem parte da paisagem da cidade. São Petersburgo abriga pelo menos 40 museus e é possível conhecer todos com um único cartão passe, que pode ser comprado com antecedência.

    Um passeio a pé pela região é a melhor forma de conhecer a cidade e todos os seus impressionantes detalhes. Alguns prédios não podem faltar no roteiro, como a Catedral Kazan, na Avenida Nevsky, uma das construções ortodoxas mais importantes de São Petersburgo, construída entre 1801 e 1811 para abrigar o milagroso ícone da Virgem de Kazan. Na Avenida Nevski, aliás, está uma grande concentração de lojas, restaurantes e os principais centros comerciais da cidade.

    A Catedral de São Isaac ostenta uma bela cúpula de ouro - uma das maiores do mundo - e que pode ser vista de diferentes pontos da cidade. Seu interior abriga um museu com centenas de obras de artistas russos. Já a Igreja do Sangue Derramado é também um símbolo da cidade, com suas belas cúpulas multicoloridas que chamam a atenção dos visitantes.

    Aproxime-se do Rio Neva e se depare com o Cruzador Aurora, um navio de 6,7 toneladas que é um dos símbolos da Revolução Bolchevique, que aconteceu em 1917. Às margens do rio está a Fortaleza de Pedro e Paulo, construção de muros altíssimos que começou a ser erguida em 1703, mas se mantém muito bem conservada.

    Conheça o distrito de Petrogradsky e a cabana de madeira de Pedro, o Grande, que fundou a cidade. A cabana foi construída em 1703, mas sua resistência à ação do tempo é impressionante. Aliás, não deixe de passear pelo Jardim de Verão, cuja construção também teve influência direta de Pedro.

Depoimentos

Tenho interesseDeixe seus dados e receba o contato de nossa equipe de agentes de viagens.

  •     Circuitos
  •     City tour
  •     Cruzeiros Marítimos
  •     Ingressos
  •     Locação de Veículos
  •     Passagens Aéreas
  •     Passeios
  •     Passes de Trem
  •     Reserva de Hotéis
  •     Seguro Viagem
  •     Traslados
Ligamos pra você

Nós ligamos pra você

Enviar